Planeta no limite

Confira galeria de fotos do livro “Overdevelopment, Overpopulation, Overshoot”, que alerta para os problemas da superexploração do planeta.

Ian Wylie

Vivemos em um planeta singular, repleto de vida, mas caminhamos para seu esgotamento. Já somos 7 bilhões de humanos povoando a Terra e consumindo seus recursos. E não paramos de crescer. Em média, 9 mil pessoas nascem a cada hora. Os problemas derivados dessa superpopulação são velhos conhecidos: aquecimento global, poluição, acúmulo de lixo, extinções em massa, estresse hídrico, escassez de alimentos etc.

As fotos acima, selecionadas por PLANETA, são retratos chocantes desse mundo que definha. Esse processo de destruição foi flagrado em detalhes e ângulos inusitados por diferentes fotógrafos do mundo todo para o livro “Overdevelopment, Overpopulation, Overshoot” (ainda sem tradução em português), da organização Population Institute. 

A coletânea choca pela revelação brutal da tragédia ambiental, mas também comove e devolve a esperança ao nos lembrar da vastidão e da beleza desse mundo que nos escapa. 

COMPARTILHAR