Polícia investiga se houve ação criminosa em incêndio em Alter do Chão

Fogo havia sido controlado na tarde deste domingo (15), mas bombeiros encontraram novos focos horas depois

Incêndio em área preservada em Alter do Chão, Pará / Foto: Lauro Barata / Reprodução Facebook

A Polícia Civil do Pará investiga se o incêndio que atingiu uma área de preservação ambiental em Alter do Chão, em Santarém, na Floresta Amazônica, é criminoso.

Suspeita-se que o incêndio, que começou no sábado (14), tenha sido provocado propositalmente. Na tarde de domingo o governo do Pará anunciou que o fogo havia sido controlado, mas um novo foco foi encontrado por bombeiros, em um local de mata fechada e, portanto, de difícil acesso.

O governo do Pará pediu ajuda ao governo federal e cerca de 100 militares trabalham na contenção do fogo. Ainda não foi divulgado o tamanho da área atingida. Nesta segunda-feira devem chegar um avião-pipa e mais militares para ajudarem nos trabalhos.

Alter do Chão é um dos principais destinos turísticos do Pará. Fica a 37 quilômetros de Santarém e a 1.373 quilômetros de Belém. O balneário é como “Caribe da Amazônia”, por conta das prais de areia branca e água nos tons de verde e azul.

Fontes: Veja e G1