Psicodélico com ação antidepressiva e sem efeito alucinógeno é descoberto

Um psicodélico com ação antidepressiva e sem efeito alucinógeno foi descoberto graças ao desenvolvimento de um sensor fluorescente capaz de mostrar a ação, em tempo real, da serotonina, um neurotransmissor do sistema nervoso central.

Os pesquisadores apresentaram, em um artigo publicado na quarta-feira (28), no periódico Cell, o AAZ-A-154, um composto que, após uma única dose, produziu rapidamente efeitos antidepressivos duradouros.

O receptor de serotonina 2A pertence à classe GPCR — receptores acoplados à proteína G. “Mais de um terço de todos os medicamentos aprovados pela FDA, agência que regula medicamentos nos EUA, têm como alvos os GPCRs, então, essa tecnologia de sensores tem amplas implicações para o desenvolvimento de medicamentos”, comenta Lin Tian, autor correspondente do estudo pela Faculdade de Medicina da UC Davis.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança