Rider lança coleção de calçados com foco na sustentabilidade

Produtos são produzidos com material reciclado a partir de resíduos da própria fábrica, garrafas PET e carbono renovável

Item da nova coleção da Rider: sandálias baseadas na produção de menor impacto ambiental. Crédito: Divulgação

A Rider, uma das marcas do grupo Grendene, lançou em novembro sua primeira coleção de calçados de menor impacto ambiental: o Programa Rider R4. Fazem parte da linha quatro calçados baseados na produção de menor impacto ambiental, pautada nos 4Rs – Reduzir, Reutilizar, Reciclar e Recriar o futuro, originado a partir da ideia de que é possível fazer algo novo através do design sustentável. Os produtos estão disponíveis para compra na loja oficial da marca rider.com.br.

O lançamento faz parte do Programa Rider R4, uma iniciativa da marca que traz ações com o objetivo de evoluir em frentes de sustentabilidade. No viés econômico, o projeto busca simplificar e ampliar o acesso a produtos de menor impacto ambiental. No aspecto ambiental, busca a evolução constante nas operações e materiais mais sustentáveis. Na perspectiva social, o programa reforça a valorização e respeito às pessoas.

“Acreditamos no poder transformador do design. A inovação sempre esteve em nosso DNA. Por isso, decidimos recriar nossos produtos ícones para uma nova versão de menor impacto ambiental do que já temos hoje”, explica Carlos André Carvalho, gerente de desenvolvimento sustentável da Grendene.

LEIA TAMBÉM:

Produtos veganos

Todos os produtos Rider são veganos e produzidos com material reciclado a partir de resíduos da própria fábrica. Há também a redução de 27% no consumo de água e 54% na geração de resíduos. Todas as sandálias Rider, depois de muito usadas, podem ser descartadas em pontos de coleta seletiva ou nos mais de 300 clubes da Melissa espalhados pelo Brasil.

De acordo com o gerente de marca e comunicação da Grendene, Alexandre Reis, o programa Rider R4 é uma jornada de desenvolvimento sustentável que tem o propósito de recriar o futuro, através das ações do presente. “É uma caminhada longa e contínua. Não temos todas as respostas, mas sabemos o caminho que queremos trilhar. A consciência coletiva abre caminhos para a evolução.”

A embalagem dos produtos também foi pensada para auxiliar na redução de resíduos no meio ambiente. As sandálias são comercializadas em embalagem de papel reciclado, ou seja, de menor impacto se comparado ao papel branco, e 100% reciclável. Além disso, toda a grafia foi repensada e o uso de tinta diminuiu em 90% comparado ao da embalagem anterior.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança