Rio inaugura maior roda-gigante da América Latina

Equipamento tem 88 metros de altura, e volta completa dura 18 minutos

A roda-gigante na zona portuária do Rio de Janeiro: mais uma atração turística para uma cidade privilegiada nesse sentido. Crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Foi inaugurada hoje (6 de dezembro) a roda-gigante Rio Star, a maior da América Latina, na zona portuária do Rio de Janeiro. O equipamento tem 88 metros de altura, e a volta completa dura 18 minutos. O público pode se acomodar em 54 gôndolas [cabines] com capacidade para até oito passageiros cada uma.

A roda-gigante está localizada no Porto Maravilha e ficará aberta todos os dias, inclusive nos feriados, das 10h às 18h. A atração oferece vista privilegiada para o Cristo Redentor, Pão de Açúcar e a Baía de Guanabara.

Quem estiver no Rio de Janeiro poderá adquirir o ingresso a um preço promocional de R$ 49, que vale para bilhetes comprados pela internet até o dia 19 de dezembro. Após essa data, os ingressos passarão a custar R$ 59.

LEIA TAMBÉM: Rio de cara nova

Os moradores do Rio poderão adquirir os ingressos pelo valor promocional de R$ 49 por tempo indeterminado. Os bilhetes e outras informações podem ser obtidos pelo site.

“Tropicalização” do equipamento

O projeto nasceu de uma licitação da prefeitura carioca para a construção de um parque temático na região, próxima do Aquário do Rio de Janeiro. O diretor executivo da FW Investimentos, holding que administra a Rio Star, Fábio Bordin, disse que a obra começou em dezembro do ano passado, e o maior desafio foi “tropicalizar” a roda-gigante, 100% encomendada na China.

“Fomos para a China com nossos engenheiros e especificamos como deveria ser a estruturação toda, para que ela viesse para o Brasil preparada para a questão da maresia, situação do mar, tipo de aço. Tudo isso foi feito anteriormente”, disse o executivo à imprensa em outubro.

A Rio Star deve gerar 60 empregos diretos e mais 60 indiretos, e parte dessas vagas foi reservada para moradores da região, especialmente do Morro da Providência, vizinho da atração turística.