Robô passa em teste para pilotar aeronave

O ROBOpilot é um dispositivo com braços robóticos que manualmente acionam pedais e alavancas de comando

Robô passa em teste para pilotar aeronave / Laboratório de Pesquisa da Força Aérea / Divulgação

Um novo sistema de piloto automático para aviões acaba de passar em um teste da Administração Federal de Aviação.

Diferente dos sistemas de piloto automático que já existem nas aeronaves, o ROBOpilot é um dispositivo com braços robóticos que realmente tomam o controle do avião e manualmente acionam pedais e alavancas de comando.

O ROBOpilot é capaz de decolar, seguir um plano de voo e pousar um avião sozinho, sem interferência humana. O dispositivo consegue fazer isso usando os mesmos instrumentos e controles disponíveis para os pilotos humanos.

Por exemplo, um sistema de piloto automático funciona reunindo dados dos instrumentos e toma decisões baseadas nesses dados. O Robopilot, no entanto, manipula diretamente os controles de voo assim como um piloto humano faria, enquanto ele lê os instrumentos da aeronave.

Segundo os criadores, que o propósito desse projeto é amadurecer a tecnologia de piloto robótico e a arquitetura desenvolvida previamente para produzir um robô piloto capaz de conduzir missões de defesa ou comerciais, como entrega de carga, assim como entrar em ambientes perigosos.

De acordo com reportagem da revista New Scientist, o ROBOpilot passou em um teste prático da Administração Federal de Aviação para pilotar aeronaves pequenas e realizou seu primeiro voo no dia 9 de agosto em Utah. Segundo a matéria, depois de algumas semanas o robô sofreu um acidente e ficou danificado, embora não tenha sido divulgado o que realmente aconteceu.

O ROBOpilot foi desenvolvido pela empresa DZYNE Technologies e pode ser facilmente inserido em uma aeronave, e facilmente removido para retornar o avião para controle humano.