Salvos pelo tufão

A erupção do Pinatubo em 1991: a humanidade teve sorte (Foto: Divulgação)

A erupção do Monte Pinatubo (Filipinas) em 1991, que matou cerca de 800 pessoas e deixou 10 mil desabrigados, lançou tanta poeira na atmosfera que as temperaturas globais caíram cerca de 0,5°C por alguns anos. Mas segundo um artigo publicado por cientistas americanos em setembro na revista Geophysical Research Letters, as consequências poderiam ter sido bem mais graves caso o tufão Yunya não estivesse por lá também. Além de magma e cinzas, o Pinatubo expeliu muito cloreto de hidrogênio, que, uma vez na estratosfera, teria iniciado reações químicas com o cloro (presente nos clorofluorocarbonos, ou CFCs) e diluiria muito a camada de ozônio. Mas o Yunya “lavou” a maior parte do cloreto de hidrogênio antes disso. Foi uma sorte que talvez não tenhamos no futuro, dizem os cientistas.

COMPARTILHAR