Santuário de Elefantes de MT se prepara para receber nova hóspede

    Ramba é a última elefanta de circo do Chile e foi resgatada pela organização não governamental (ONG) Elefantes Brasil depois de sofrer anos de maus-tratos

    O Santuário de Elefantes Brasil vai receber a elefanta Ramba, vinda de um circo no Chile / Foto: Santuário de Elefantes Brasil/Divulgação

    A nova hóspede do Santuário de Elefantes Brasil já está a caminho de Mato Grosso. Ramba, ou Rambita, como é carinhosamente chamada, desembarcou hoje (16) no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, vinda do Chile e já está na estrada para o Santuário, que fica na Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso.

    Ela é a última elefanta de circo do Chile e foi resgatada pela organização não governamental (ONG) Elefantes Brasil depois de sofrer anos de maus-tratos.

    LEIA TAMBÉM: Onze elefantes morrem após caírem em cachoeira na Tailândia

    A elefanta saiu do Chile hoje por volta das 3h, desembarcou em São Paulo pela manhã e deve chegar à Chapada na sexta-feira (18), por conta das paradas. São aproximadamente 1,5 mil quilômetros de Viracopos até o santuário

    Algumas fazendas foram contatadas em pontos estratégicos do percurso, para eventual abertura da caixa onde a elefanta está. Médicos veterinários e policiais rodoviários federais acompanham o percurso.

    Ramba tem 53 anos, pesa quase 4 toneladas e é conhecida como a última elefanta de circo do Chile. Ela foi comprada na Ásia e levada para a Argentina, onde trabalhou em diversos circos até que em 1995 chegou ao Chile para apresentações no Los Tachuelas, o circo mais famoso do país.

    Mas, foi somente em 1997, após denúncias de maus-tratos e posse ilegal de animais, que Ramba foi confiscada pelo Serviço Agrícola e Pecuário do Chile e proibida de fazer apresentações apesar de o circo continuar como seu depositário.

    Seu resgate aconteceu em 2011, após decisão judicial conseguida pela ONG chilena Ecópolis. Ela foi levada ao Parque Safári do Chile, localizado em Rancágua. O local fica a cerca de 97 quilômetros de Santiago do Chile.

    No entanto, por causa da localização do parque, atrás da Cordilheira dos Andes, a elefanta sofria com os invernos rigorosos.

    Ramba tem inúmeras cicatrizes devido ao uso de correntes e sofre de problemas renais crônicos, devido à falta de água potável – herança da época de circo.

    Saiba mais
    + Carolina Dieckmann pede R$ 9 milhões por mansão no Rio
    + IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
    + Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
    + Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
    + O que se sabe sobre a flurona?
    + Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
    + Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
    + Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
    + Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
    + Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
    + Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua