Secretaria da Solidão

Theresa May, primeira-ministra da Grã-Bretanha, criou a “Secretaria da Solidão" para combater o problema que atinge cerca de 9 milhões de pessoas no país

A solidão é um problema em qualquer latitude, mas a Grã-Bretanha – país no qual cerca de 9 milhões de pessoas são afetadas por ela, em diversas faixas etárias – decidiu agir de forma pioneira: desde 17 de janeiro, tem uma “Secretaria da Solidão”. Segundo a primeira-ministra, Theresa May, o ocupante do cargo trabalhará com o Comitê da Solidão (órgão preexistente), ONGs e empresas para definir uma estratégia de combate ao problema. Segundo um estudo divulgado em 2017, os efeitos negativos da solidão se comparam aos do consumo de 15 cigarros por dia. Segundo a secretária indicada, Tracey Crouch, uma estrutura contra a solidão dos britânicos no futuro será criada a partir de um fundo milionário.

LEIA MAIS:
Males da solidão
A doença da solidão
A solidão é uma torrente
O chamado da solidão
Templo da aparência

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança