Shell é responsabilizada por crise climática e deve baixar emissões em 45% até 2030

Petroleira vai recorrer de sentença em corte holandesa e alega que seus novos projetos de energia fóssil se encaixam na meta de atingir a neutralidade de emissões de carbono até 2050

Shell: petroleira anglo-holandesa foi considerada responsável pelo aquecimento da Terra em corte da Holanda. Crédito: Divulgação

Um tribunal de justiça dos Países Baixos decidiu que a petroleira Shell  tem responsabilidade legal sobre o aquecimento do planeta e determinou uma redução de 45% de suas emissões de carbono até 2030 em relação aos níveis de 2019.

A decisão foi considerada histórica por ativistas e advogados ambientais, e pode marcar um novo momento para a litigância climática. Para eles, ainda que tenha efeito apenas nos Países Baixos, o veredito abre um precedente importante para ações judiciais futuras contra a indústria de combustíveis fósseis em outros países.

A ação foi apresentada pela organização Milieudefensie, que representa a rede Friends of the Earth, junto com o Greenpeace e outras entidades ambientais do país.

Em resposta, a Shell afirmou que pretende apelar da decisão e defendeu que os investimentos previstos em novos projetos de energia fóssil (programados até 2025) estão em consonância com o objetivo de atingir a neutralidade de suas emissões de carbono até 2050.

A decisão foi destacada na imprensa internacional, com matérias na Associated Press, BBC, Bloomberg, Climate Home, Deutsche Welle, Financial Times, Guardian, NY Times e Reuters.

Saiba mais
+ Carolina Dieckmann pede R$ 9 milhões por mansão no Rio
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua