Símbolo silenciado

Big Ben (à direita, ao lado de um dos sinos auxiliares): sem badaladas até 2021 (Foto: AFP)

O Big Ben – o sino principal (cercado por outros quatro menores) da torre do relógio do Parlamento britânico, em Londres – teve sua atividade interrompida em 21 de agosto, depois de trabalhar durante 157 anos. O motivo é mais do que compreensível: o relógio precisa passar por reparos e manutenção, e os sinos da torre não poderiam funcionar enquanto os encarregados do serviço estivessem por lá. O problema que incomoda muitos britânicos (e, por tabela, os turistas que gostam de fotografar a torre) é o tempo durante o qual o sino não vai tocar: quatro anos. Ouvidas na abertura de alguns dos boletins noticiosos mais importantes da rede BBC, as badaladas do Big Ben são parte inseparável dos sons londrinos. Por causa desse hábito, tanto a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, quanto seu ministro do Brexit, David Davis, manifestaram seu desagrado em relação ao longo intervalo (Davis classificou-o de “loucura”). Mas, por enquanto, a programação do conserto segue o plano previsto: badaladas, só em 2021 – ou em ocasiões especiais, como a virada do ano.

COMPARTILHAR
blog comments powered by Disqus