Sol do deserto com água e vento do mar para produzir hidrogênio renovável

Omã, na Península Arábica, terá a maior usina do gênero no mundo, cuja produção deverá ser exportada para a Europa

Com muito sol e vento, o desértico Omã prepara-se para abrigar a maior planta de usina de produção de hidrogênio totalmente renovável do mundo. Crédito: Pikrepo

Omã fica na ponta da Península Arábica, com o deserto cobrindo a maior parte seus quase 310 mil km2 e um litoral de mais de 3.000 km de extensão com bons ventos. Um lugar lógico para combinar sol e água para se produzir hidrogênio 100% renovável.

A meio caminho entre o tumultuado Iêmen e o sempre disputado Golfo Pérsico, um projeto prevê aproveitar 25 GW de sol e vento para produzir hidrogênio e exportá-lo para a Europa. Quando pronta, a planta será a maior do mundo, além de ser um passo importante para reduzir a dependência do país em relação à exploração de petróleo.

Segundo o The Guardian, o investimento, estimado em US$ 30 bilhões, ficará a cargo de um consórcio do qual participam a estatal petroleira do país, a OQ, a plataforma de investimento do Kuwait, Enertech, e a plataforma InterContinental Energy de desenvolvimento de hidrogênio.

Superpotência das renováveis

Michael Liebreich, da BloombergNEF, diz que o Omã pode ser uma das superpotências das fontes renováveis: porque o que se realmente quer é geração solar e eólica bem baratas.

Em tempo: O norte da Suécia tem muita água que desce das geleiras dos Alpes Escandinavos e muita jazida de ferro e está abrigando uma das maiores iniciativas de produção de aço verde – usando hidrogênio no lugar do carvão. Segundo matéria da Economist, a SSAB quer produzir hidrogênio a partir da água e da eletricidade de uma hidrelétrica no norte. O hidrogênio será empregado na reação para remover o oxigênio associado do minério. Usando carvão, é essa reação que libera toneladas de dióxido de carbono. Com hidrogênio, o que sai é vapor d’água. Tradicionalmente, o minério é transportado para o sul, onde ficam as grandes siderúrgicas a carvão que emitem cerca de 15% das emissões totais do país.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago