Sonda da Nasa está perto de tocar o solo do asteroide Bennu

OSIRIS-REx faz hoje novo e mais minucioso treino antes de coletar amostras do solo do asteroide

Concepção artística da chegada da OSIRIS-REx ao asteroide Bennu: momento está próximo. Crédito: Nasa/Goddard/Universidade do Arizona

A sonda OSIRIS-REx, da Nasa, está se aprontando para sua aproximação final ao asteroide Bennu. Em 11 de agosto, a missão realizará seu ensaio “Matchpoint” – o segundo treino do evento de coleta de amostras Touch-and-Go (TAG).

O ensaio será semelhante ao “Checkpoint” de 14 de abril, que praticou as duas primeiras manobras da descida. Desta vez, no entanto, a espaçonave adicionará uma terceira manobra, chamada “Matchpoint burn”, e voará ainda mais perto do local de amostragem Nightingale. A OSIRIS-REx atingirá então uma altitude de aproximadamente 40 metros, antes de se afastar do asteroide.

A OSIRIX-REx se aproxima do momento culminante de sua missão quase quatro anos após seu lançamento, em 8 de setembro de 2016. A missão consiste em coletar com um braço robótico (sem pousar) amostras do asteroide Bennu para análise e voltar à Terra, chegando em 2023.

LEIA TAMBÉM: Mistério de ejeção de partículas do asteroide Bennu intriga cientistas

O material recolhido trará informações aos cientistas sobre o que aconteceu antes da formação e da evolução do Sistema Solar, os estágios iniciais da formação dos planetas e a fonte dos compostos orgânicos que levou à formação de vida.

A concepção artística apresentada acima mostra a nave OSIRIS-REx descendo em direção ao Bennu para coletar uma amostra da superfície do asteroide.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança