Sonda japonesa pousa em asteroide Ryugu

Missão de sonda é coletar material do asteroide Ryugu para tentar desvendar pistas de como era o Sistema Solar no seu início, há 4,6 milhões de anos

A sonda japonesa Hayabusa2 / Foto: Go Miyazaki / Licença CC BY-SA 4.0

A sonda japonesa Hayabusa2 pousou, nesta quinta-feira (11), no asteroide Ryugu. A missão da espaçonave é coletar amostras para análise, que espera-se que ajudem a entender melhor a evolução do Sistema Solar.

Foto: Divulgação
Imagem tirada pela sonda Hayabusa2 do asteroide Ryugu

Essa é a segunda descida da sonda no asteroide. O primeiro pouso aconteceu em setembro de 2018.

Os cientistas da Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial comemoraram o sucesso do pouso. Segundo a agência, o Hayabusa2 deve retornar à sua posição original nesta sexta-feira (12).

Foto: Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial
Cientistas comemoram sucesso da missão

Segundo Yuichi Tsuda, gerente de projeto da missão, um pouso é sempre um grande desafio, mesmo não sendo a primeira vez.

O objetivo principal da missão Hayabusa2 é coletar o material do Ryugu para tentar desvendar pistas de como era o Sistema Solar no seu início, há 4,6 milhões de anos.

Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial
Imagem tirada pela sonda Hayabusa2 do asteroide Ryugu

A Hayabusa2 foi lançada em dezembro de 2014 e viajou por 3,2 bilhões de quilômetros até chegar ao asteroide Ryugu. A viagem levou 3 anos e meio.

Se tudo correr como previsto, a sonda Hayabusa2 vai retornar para seu local de pouso em Woomera, no Sul da Austrália, ao final de 2020.

COMPARTILHAR
blog comments powered by Disqus