Sonda mostra avalanche em Marte

Foto que flagra avalanche em um penhasco de meio quilômetro de altura é uma das quase 6,9 milhões de imagens captadas por câmera da sonda Mars Reconnaissance Orbiter

Avalanche marciana: uma das cenas impressionantes captadas por câmera da sonda Mars Reconnaissance Orbiter. Crédito: Nasa/JPL-Caltech/Universidade do Arizona

A HiRISE, câmera do experimento científico de imagens de alta resolução a bordo da sonda Mars Reconnaissance Orbiter (MRO), da Nasa, capturou essa avalanche caindo de um penhasco de 500 metros de altura em 29 de maio de 2019. A imagem também revela camadas no polo norte de Marte durante a primavera. Conforme as temperaturas aumentam e vaporizam o gelo, os blocos de gelo desestabilizados se soltam e levantam poeira.

Desde que deixou a Terra, há 15 anos, a MRO remodelou nossa compreensão do Planeta Vermelho. A veterana nave espacial estuda as temperaturas na fina atmosfera de Marte, investiga o subsolo com radar e detecta minerais na superfície do planeta. Mas talvez o que a tornou mais conhecida sejam as imagens impressionantes que registrou.

Entre seus instrumentos, a MRO carrega três câmeras. A Mars Color Imager (MARCI) possui uma lente olho de peixe que produz uma visão global diária. A Context Camera (CTX) fornece fotos em preto e branco do terreno de 30 quilômetros de largura. Essas imagens, por sua vez, oferecem contexto para as imagens bem focadas fornecidas pela terceira câmera da MRO, a High-Resolution Imaging Science Experiment (HiRISE), que produz as vistas mais impressionantes.

LEIA TAMBÉM: Marte estava coberto por mantos de gelo no passado, em vez de rios

Cenas dramáticas

Capaz de aumentar o zoom em recursos de superfície na resolução mais alta, a HiRISE tem capturado imagens coloridas detalhadas que mostram cenas dramáticas da natureza marciana. Elas incluem avalanches caindo, enormes redemoinhos de poeira e outras características de uma paisagem em mudança. A câmera também forneceu imagens de outras espaçonaves da Nasa em Marte, como os rovers Curiosity e Opportunity. O MRO até se virou para apontar o HiRISE para a Terra e Fobos, uma das duas luas de Marte.

No início de agosto, a HiRISE sozinha havia obtido 6.882.204 imagens, gerando 194 terabytes de dados enviados de Marte desde 2006. Saiba mais aqui sobre essa missão lançada em 10 de agosto de 2005, uma das mais antigas em atividade no Planeta Vermelho.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança