Sonhos e pandemia de covid-19: estudo traz novos dados

Durante o lockdown realizado na Itália, os participantes da pesquisa tiveram sono mais entrecortado e mais sonhos lúcidos

Sono: em tempos de pandemia, os participantes do estudo lembraram-se melhor de seus sonhos. Crédito: Pikrepo

A pandemia de covid-19 teve um forte impacto sobre o sono e a atividade dos sonhos, segundo pesquisadores italianos. Eles concluíram que as pessoas acordaram mais vezes durante o sono, tiveram mais dificuldade em adormecer, maior recordação dos sonhos e mais sonhos lúcidos durante o lockdown realizado no país do que após esse período. O estudo foi publicado na revista Journal of Sleep Research.

As pessoas também relataram mais sonhos relacionados com “estar em lugares lotados” durante o pós-lockdown do que no lockdown.

Para o estudo, 90 adultos moradores da Itália registraram suas experiências de sonho e completaram um diário de sonho-sono todas as manhãs.

“Nossos resultados (…) confirmaram que tanto as medidas do sono quanto dos sonhos mostraram diferenças críticas entre os períodos de bloqueio e pós-bloqueio”, escreveram os autores.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago