Taiwan é primeiro país da Ásia a legalizar casamento gay

A votação de hoje deu aos casais do mesmo sexo quase todos os direitos associados a um casamento, que incluem questões como impostos, seguro e guarda de crianças

Parada gay em Taiwan (Crédito: Shih-Shiuan Kao)

Taiwan é o primeiro estado asiático a aprovar uma lei que dá aos casais gays o direito de se casarem. Os parlamentares taiwaneses aprovaram, por 66 votos a favor e 27 contra, uma lei que autoriza “uniões permanentes exclusivas” para casais do mesmo sexo e permite que eles solicitem um “registro de casamento” em agências governamentais.

A presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, que fez campanha em uma plataforma de igualdade no casamento, twittou após a votação: “Demos um grande passo em direção à verdadeira igualdade e fizemos de Taiwan um país melhor”. Foi a proposta do seu partido – a mais progressista das três apresentadas – que ganhou, garantindo ao grupo LGBT quase todos os direitos associados a um casamento hetero, abrangendo questões como impostos, seguro e guarda de crianças.

A votação ocorreu no Dia Internacional Contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia. Taiwan, cuja parada anual do orgulho gay é a maior da região, há muito tempo é um centro para o ativismo LGBT. Os defensores pediram que outras nações asiáticas sigam sua liderança. O departamento de assuntos civis disse que 151 casais já agendaram suas uniões a partir da próxima quinta-feira, 24/05, quando a novidade entra em vigor.

*Com informações da Agência Brasil