• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Assine
Revista Planeta
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Astronomia
  • Arqueologia
  • Ciência
  • Viagem
  • Espiritualidade
  • Siga-nos:Facebook
Astronomia14/04/2022

Telescópio mostra ‘borboleta cósmica’ cheia de novas estrelas

Nebulosa W40: berçário para centenas de estrelas com pouco tempo de vida. Crédito: Nasa/JPL-Caltech

14/04/22 - 08h37min

O que parece uma borboleta vermelha no espaço é na realidade um berçário para centenas de estrelas bebês, reveladas nesta imagem infravermelha do Telescópio Espacial Spitzer, da Nasa.

Oficialmente chamada W40, a borboleta é uma nebulosa – uma gigantesca nuvem de gás e poeira no espaço onde novas estrelas podem se formar. As “asas” da borboleta são bolhas gigantes de gás interestelar quente soprando das estrelas mais quentes e massivas desta região.

O material que forma as asas da W40 foi ejetado de um denso aglomerado de estrelas que fica entre as asas na imagem. A mais quente e massiva dessas estrelas, W40 IRS 1a, fica perto do centro do aglomerado estelar.

A W40 está a cerca de 1.400 anos-luz do Sol, aproximadamente a mesma distância que a conhecida nebulosa de Órion, embora as duas estejam a quase 180 graus de distância no céu.

Saiba mais

+ CPF do remetente deverá constar nas encomendas enviadas pelos Correios
+ Por que Saturno é tão temido?
+ Astrônomos chegam a consenso sobre a idade do universo
+ Fã ‘faz diagnóstico’ de hérnia em Rafa Kalimann, que confirma
+ Corpo de responsável por câmeras de clube onde petista foi assassinado é encontrado no Paraná
+ Por que Saturno é tão temido?
+ Veja objetos, símbolos e amuletos que atraem riqueza
+ Anitta conta o que a levou a fazer tatuagem no ânus
+ Ancestral humano desconhecido deixou pegadas estranhas na África


bebê