Trio de águias-carecas cuida de filhotes nos EUA

Dois machos e uma fêmea de águia-careca chocaram com sucesso três ovos e estão dividindo as tarefas de criação dos bebês em uma reserva no Illinois, EUA

Águias-carecas
Águias-carecas

Uma família inusitada vem chamando a atenção de visitantes e pesquisadores em uma reserva ecológica no estado americano de Illinois.

Em vez de um casal, um trio de águias carecas está cuidando de um grupo de filhotes, como mostra reportagem da CNN.

Os machos Valor I e Valor II e a fêmea Starr chocaram com sucesso três ovos e estão dividindo as tarefas de criação dos bebês. Segundo Pam Steinhaus, gerente de serviços de visitantes do Refúgio Nacional de Vida Selvagem e Peixes do Alto Rio Mississippi, os três pais dividem igualmente os cuidados com os filhotes, mas quem “manda” é a fêmea.

“Todos eles trazem galhos. Os machos os distribuem no ninho, e Starr sempre as muda de lugar para onde ela acha que deveriam estar”, disse Steinhaus à CNN. A fêmea também faz a maior parte do trabalho de choca dos ovos. Mas, quando ela se cansava, um dos machos assumia seu lugar e sentava nos ovos.

De acordo com Steinhaus, os três filhotes parecem estar se desenvolvendo bem dentro do cronograma e estão sendo bem alimentados.

De acordo com a National Audubon Society, um grupo de conservação de aves, não é comum que águias americanas formem trios para cuidar de seus filhotes.

É incomum que as águias americanas sejam mães de três a três,. Trios anteriores foram vistos no Alasca em 1977, Minnesota em 1983 e na Califórnia em 1992.

A organização não-governamental Guardiões do Refúgio do Alto Rio Mississippi colocou uma câmera com transmissão ao vivo do local, onde as águias podem ser vistas revezando-se alimentando os filhotes e cuidando do ninho.

Não é a primeira vez que os machos Valor I e Valor II se reúnem com uma fêmea para formar uma família. Em 2016 eles já haviam feito isso com outra água, chamada Hope. Mas um dia o ninho da família foi atacado por outras duas águias. Hope lutou com elas, mas nunca mais voltou. Os pesquisadores acreditam que ela tenha morrido. Então os machos chocaram dois filhotes e cuidaram deles até que saíram do ninho. E, em setembro de 2017, a dupla encontrou sua nova parceira, Starr.

blog comments powered by Disqus