Turismo insustentável

As lindas paisagens geladas das ilhas Lofoten, na Noruega, têm servido de palco ou inspiração para superproduções de Hollywood, e o interesse turístico gerado por isso ameaça a sustentabilidade local. O problema começou a ser sentido em 2013, ano do lançamento de Frozen, da Disney, filme apoiado pelo conselho turístico norueguês que resultou em um aumento de 20% no número de visitantes no país – 1 milhão só em Lofoten. O astro Matt Damon filma atualmente no arquipélago cenas da comédia Downsizing. Os 24.500 moradores regulares de Lofoten já reclamam de problemas de tráfego, falta de coletores de lixo e de banheiros públicos. E prevê-se que o número de visitantes mais que dobrará nos próximos anos. “Em termos de turismo, ficamos totalmente desequilibrados este ano”, declarou o prefeito da municipalidade de Flakstad, Hans Fredrik Sørdal, à rede pública de TV NRK.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança

COMPARTILHAR