Turista cai dentro de vulcão havaiano e sobrevive

Um homem identificado apenas como um soldado de 32 anos quis subir na grade de proteção de um dos mirantes ao redor da boca do vulcão e despencou 20 metros lá dentro

Cratera do vulcão Kilauea

Um visitante do Parque Nacional dos Vulcões do Havaí caiu 20 metros na cratera do Kilauea, um dos vulcões mais jovens e ativos do planeta, segundo o Serviço Geológico dos EUA.

De acordo com um comunicado do National Park Service, no dia 1 de maio, por volta das 18h30 (hora local), o homem – identificado apenas como um soldado de 32 anos – tropeçou e perdeu o equilíbrio depois de subir em uma grade de metal instalada para segurança dos visitantes no mirante Steaming Bluff, apesar dos alertas para que isso não fosse feito.

Duas horas e meia depois, às 21h (hora local), ele foi encontrado por socorristas, que o descobriram vivo, mas gravemente ferido, em um penhasco 20 metros abaixo à beira de outra queda de 90 metros. A boa notícia é que, depois de ser levado de helicóptero para o hospital, ele sobreviveu para contar a história. Mas ainda vai levar um tempo para se saber as sequelas que este incidente deixará.

Várias outras pessoas não tiveram a mesma sorte do soldado. A última fatalidade do tipo nesse mesmo parque aconteceu há cerca de dois anos atrás. O mais recente acidentado contou ainda com uma ajudinha do vulcão, que não entrou em erupção na semana passada.

De fato, nos últimos oito meses, a atividade sísmica, a deformação e a emissão de gases foram relativamente baixas. Talvez um momento de descanso do vulcão que no ano passado demonstrou todo seu poder em um mega erupção que produziu 113,5 milhões de metros cúbicos de lava em um mês – o equivalente a 45,5 mil piscinas olímpicas e o suficiente para enterrar a ilha de Manhattan em 2 metros de magma.

COMPARTILHAR
blog comments powered by Disqus