Um café expresso galáctico para viagem

A beleza das formas da galáxia NGC 3985, na constelação da Ursa Maior, certamente inspiraria um desenho sobre o café ou cappucino feito por baristas

Galáxia NGC 3895: perfeição das formas poderia inspirar desenho em café ou cappucino. Crédito: ESA/Hubble & Nasa, R. Barrows

Na constelação da Ursa Maior, há uma galáxia em turbilhão cujo desenho não ficaria nada mal em um café preparado por um barista romântico.

A NGC 3895 é uma galáxia espiral barrada a cerca de 144 milhões de anos-luz de distância. Foi descoberta pelo astrônomo teuto-britânico William Herschel em 1790. Aqui, ela aparece na observação do Telescópio Espacial Hubble, da Nasa/ESA.

A galáxia NGC 3895 integra um grupo de galáxias que possui pelo menos oito membros, o grupo NGC 3963. Tanto a NGC 3895 quanto a NGC 3894, também pertencente a esse grupo, estão aproximadamente à mesma distância da Via Láctea. Como estão lado a lado na esfera celeste, sem dúvida formam um par de galáxias. No entanto, a imagem obtida a partir de estudos não mostra sinais óbvios de deformação indicando galáxias em interação gravitacional. A perfeição de formas com que a NGC 3895 aparece na foto do Hubble evidencia isso.

LEIA TAMBÉM: Hubble flagra uma galáxia espiral magnífica

A órbita do Hubble acima da atmosfera distorcida da Terra permite que os astrônomos façam observações de alta resolução. Tais observações são essenciais para abrir novas janelas de visão para planetas, estrelas e galáxias – como esta bela vista da NGC 3895. O telescópio está posicionado a aproximadamente 570 km acima do solo, onde gira em torno da Terra a 28 mil quilômetros por hora. Ele leva 96 minutos para completar uma órbita.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança