Uma profusão de crateras na superfície de Marte

Sonda ExoMars Trace Gas Orbiter mostra uma área particularmente marcada por crateras na superfície marciana

Região de Lunae Planum em Marte: crateras de tamanhos variados dominam a paisagem. Crédito: ESA/Roscosmos/CaSSIS, CC BY-SA 3.0 IGO

A imagem acima foi tirada em 22 de março de 2021 na região de Lunae Planum [16,74°N, 300,9°E] de Marte pela câmera CaSSIS da sonda ExoMars Trace Gas Orbiter (TGO), das agências espaciais europeia e russa (ESA-Roscosmos).

A região é conhecida por ser coberta por grandes depósitos de lava, provavelmente originária dos vulcões dos Montes Tharsis próximos. Na imagem, três crateras de impacto de tamanho médio ocupam o centro do palco, com muitos impactos menores marcando a cena. Aproximando-se das crateras maiores, é possível ver camadas na borda interna que podem representar o acúmulo sucessivo de fluxos de lava nesta área.

A missão científica completa da TGO começou em 2018. A espaçonave não está apenas enviando imagens espetaculares: ela está também fornecendo o melhor inventário dos gases atmosféricos de Marte. Além disso, mapeia a superfície do planeta para locais ricos em água. Ela também fornecerá serviços de retransmissão de dados para a segunda missão ExoMars, compreendendo o rover Rosalind Franklin e a plataforma Kazachok, quando chegar a Marte em 2023.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago