Vida marinha dos trópicos está de mudança para climas mais frios

Aquecimento de 0,2°C nas últimas quatro décadas está por trás da alteração, que fez o número de espécies nas águas equatoriais cair pela metade

Águas tropicais: perda drástica de diversidade em quatro décadas. Crédito: 5406753/Pixabay

A temperatura média das águas em torno da linha do equador ao longo do ano subiu 0,2°C nas últimas quatro décadas. Parece pouco, mas foi o suficiente para que o número de espécies caísse pela metade, segundo um estudo que acaba de sair na “PNAS” (Proceedings of the National Academy of Sciences).

Embora haja vários fatores por trás desta mudança, os pesquisadores encontraram uma forte correlação entre o sumiço de espécies e o aumento da temperatura média local ao analisar quase 50 mil espécies entre 1955 e 2015. Ao longo da história do planeta, houve movimentações mais drásticas, mas em escalas geológicas de tempo. Quarenta anos é menos de um segundo nessas escalas.

Assim, uma das principais preocupações dos autores é com os corais que, por definição, não se movem, ou migram em tempos muito mais longos. Como eles estão na base das cadeias alimentares, pode acontecer de corais nos trópicos morrerem por falta de peixes e moluscos e estes, migrando em direção às águas mais temperadas, serem afetados pela falta de corais.

A Reuters comentou o trabalho.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago


COMPARTILHAR