Vida no espaço

Scott Kelly no desembarque: mais alto que o irmão gêmeo

Ao pousar com o colega russo Mikhail Kornienko no Cazaquistão, em 2 de março, vindo de uma estada de quase um ano na Estação Espacial Internacional (EEI), o astronauta americano Scott Kelly, de 52 anos, concluiu mais uma etapa de uma experiência vital para o futuro das viagens espaciais. Scott tem um irmão gêmeo ex-astronauta, Mark, que serve como um parâmetro o mais próximo possível das mudanças por que o primeiro passou a bordo da EEI. Um dos principais objetivos dessa missão é estudar o que ocorre com os seres humanos em viagens espaciais de longa duração em termos de mente, corpo e espírito. Já se sabe que Scott (que já anunciou que se aposenta em abril) cresceu cinco centímetros, efeito da falta de gravidade. Confira a seguir outros itens na lista dos médicos que irão comparar os dados dos irmãos Kelly.

1_PL519_VOLTA18

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança

COMPARTILHAR