Volta ao Mundo

A vida segue após a Olimpíada

Moradores de Pequim desfrutam em agosto do recém-aberto Centro Aquático Nacional. O parque aquático, o maior da Ásia, aproveita o espaço do Cubo D’Água, uma das joias arquitetônicas erguidas para a Olimpíada de 2008, que desde então não tinha uma destinação fixa. Os ingressos custam US$ 30 para adultos e US$ 24 para crianças – um preço elevado numa cidade onde o salário mínimo é de US$ 145.

Em relatório publicado na revista mensal Bioinspiration & Biomimetics, cientistas mostram que as abelhas são capazes de ver, em um ângulo de 300º, três quartos do ambiente ao seu redor. Os pesquisadores esperam que essa visão expandida possa ajudar na locomoção e na construção de robôs móveis ou de veículos voadores.

Veneno da jararaca desvendado

Cientistas do Instituto Butantan, da Universidade de São Paulo e da Universidade da Califórnia (EUA) descobriram como a toxina presente no veneno da jararaca age no corpo. A demonstração de como a toxina atua pode levar ao desenvolvimento de um medicamento que evitaria a amputação de membros, comum em casos de picada dessa cobra.

 

Mudança do clima e migração mexicana

Segundo estudo de pesquisadores da Universidade de Princeton (EUA), o aquecimento global responde por 10% das perdas da safra no México. Com isso, 2% a mais de mexicanos tentarão a vida no exterior. O estudo faz a projeção de que em 2080 entre 1,4 milhão e 6,7 milhões de mexicanos terão imigrado.

 

Puberdade antecipada

Uma pesquisa publicada na revista Pediatrics com 1.239 garotas de 6 a 8 anos nos EUA revelou que houve um aumento no número de meninas de 7 a 8 anos que já menstruaram. Os cientistas ainda não encontraram uma razão para isso, mas a hipótese mais aceita é que antigamente as meninas menstruavam mais tarde – entre 17 e 18 anos – porque estavam mal nutridas. Hoje, como a oferta de comida é abundante, elas atingem a puberdade antes.

 

Vírus versus câncer

Testes nos laboratórios da Universidade de Leeds (Reino Unido) mostraram que a combinação de algumas proteínas com um vírus poderia buscar e destruir células cancerígenas. O vírus levaria genes que fariam as células cancerosas ficar mais sensíveis aos remédios ou propensas ao “suicídio”. Por enquanto, o experimento foi feito em tumores de bexiga em cobaias não humanas, mas os cientistas estão otimistas quanto à aplicação do método em outros tipos de doenças.

 

Estudo publicado na revista PloS One revelou que pessoas canhotas erguem a mão esquerda para assuntos que, a seu ver, são positivos; e levantam a mão direita para temas que não lhes agrada. O oposto ocorre com os destros. A pesquisa foi feita a partir da análise de comportamento em debates presidenciais em 2004 e 2008 nos Estados Unidos.

Pescoço, essencial para a evolução humana

Cientistas da Universidade de Cornell (EUA) descobriram que o pescoço foi uma das estruturas que possibilitaram e melhoraram os movimentos em ambientes terrestres e aéreos. Eles também constataram que, na transição de peixes e animais terrestres, a fonte de neurônios que controlam os braços e as asas se deslocou do cérebro para a medula espinhal no momento em que surgiu o pescoço. A conclusão veio de uma análise genética de seres humanos e peixes.

 

Segundo estudo feito por cientistas do Laboratório Nacional do Nordeste do Pacífico (EUA), transformar o resíduo das plantas em biocarvão corta a emissão de carbono em 12%, enquanto torná-lo um biocombustível só corta 10% da emissão. Essa média varia de acordo com o lugar. Além de ser mais ecológico, o biocarvão fertiliza o solo.

 

Causa de sono pesado descoberta

Pesquisa publicada no periódico Current Biology aponta que o sono estável e pesado está diretamente ligado aos fusos do sono, breves picos de ondas de frequência mais elevada. Os cientistas concluíram que esses fusos, gerados pelo tálamo, são indicadores do bloqueio de informações sensoriais a regiões do cérebro que reagem ao som.

 

33% dos jovens entre 10 anos e 15 anos das escolas particulares de São Paulo estão acima do peso, segundo pesquisa de Maria Aparecida Zanetti Passos, da Universidade Federal de São Paulo. O porcentual nas escolas públicas é de 23%. O estudo, iniciado em 2003, avaliou 8.020 alunos de 43 colégios.

100 milhões de anos é o tempo que o núcleo de ferro sólido da Terra leva para se reciclar, derretendo de um lado e se solidificando do outro. A conclusão vem de um estudo de cientistas da Universidade Joseph Fourier, na França.

18% da emissão de gases-estufa é feita pelo gado, em especial o bovino, concluiu um estudo da FAO. O total supera a soma das emissões das outras formas de transporte. Só as flatulências e os odores do esterco produzido por esses animais respondem por mais de um terço do metano liberado no ar.

 

Relaxando ao sol

O forte calor do verão alemão deste ano obrigou até mesmo quem nasceu em ambientes quentes, como esse canguru de um parque de animais em Munique, a lagartear ao sol. As temperaturas superaram constantemente 30ºC durante a estação.

Uma pesquisa do Movimento Todos pela Educação mostrou que escolas de uma mesma rede de ensino podem apresentar qualidades diferentes em virtude de sua localização. Alunos de escolas de regiões periféricas têm desempenho pior, uma vez que sofrem com mais problemas sociais. Outros fatores importantes no sucesso das escolas são o projeto pedagógico e a diretoria da instituição.

 

Ginástica compulsória

Para combater o sedentarismo da população, o governo da capital chinesa, Pequim, restabeleceu o programa de ginástica obrigatório nos locais de trabalho. Até 2011, as autoridades locais esperam a adesão de 4 milhões de trabalhadores ao programa: às 10h e às 15h, todos devem fazer os exercícios físicos por dez minutos. Essa medida existe desde 1951, mas foi abandonada por três anos em razão da Olimpíada de 2008.

 

 

Em busca dos anfíbios perdidos

A Conservação Internacional e a União Mundial para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês) anunciaram em agosto que cientistas de todo o mundo começaram uma busca inédita para redescobrir 100 espécies de anfíbios tidos como extintos, mas que podem existir em locais remotos. A pesquisa, já iniciada em 14 países, terá duas expedições no Brasil, à procura da rãzinha-das-pedras (Cycloramphus valae) e do Crossodactylus grandis. Os anfíbios representam mais de 30% das espécies ameaçadas de extinção.

 

Tigres-siberianos ameaçados

Como se não bastasse a caça desenfreada, agora uma doença misteriosa ameaça a existência dos tigres-siberianos (Panthera tigris altaica). O mal ainda não identificado afeta a capacidade de caçar desses animais, levando muitos deles a passar fome e a ficar mais fracos. Já foram encontrados quatro tigres infectados em território humano. O perigo é que, como há somente cerca de 250 tigres, o risco de infecção é maior.

 

A volta dos dirigíveis

Pequenos dirigíveis movidos a hélio poderão ser uma importante novidade no transporte de carga por volta de 2020, afirma Sir David King, ex-conselheiro científico chefe do governo britânico e atual diretor da Smith School of Enterprise and Environment da Universidade de Oxford. Essas aeronaves são, naturalmente, mais lentas do que os aviões, mas podem levar mais carga do que eles a um custo bem menor, com redução drástica de emissão de gases-estufa.

 

230 mil é o número de espécies marinhas existentes no planeta, segundo o Censo da Vida Marinha. Embora o número pareça grande, os cientistas alertam que a vida marinha está sujeita à extinção em massa. Várias espécies de peixes e crustáceos representam apenas 5% a 10% do que eram antes.

50% de sua fortuna é o que 40 bilionários norte-americanos doarão, no mínimo, a causas beneficentes, aderindo a uma campanha lançada pelo investidor Warren Buffett e pelo fundador da Microsoft, Bill Gates. Entre os doadores estão o magnata da mídia Ted Turner e o diretor de cinema George Lucas.

70% dos genes da esponja do mar são compartilhados com os humanos, segundo estudo publicado na revista Nature. Boa parte desse código genético em comum, inclusive, está associada a moléstias como câncer.

 

Beleza malcheirosa

Crianças observam um jarro-titã (Amorphophallus titanum) que começou a florescer no jardim botânico de Tóquio. Essa planta indonésia tem a maior flor do mundo, que atinge 1,5 metro de altura. Seu odor, porém, é terrível: ela cheira a carne em decomposição, um recurso para atrair insetos.

 

Bafo contra pulgão

De acordo com estudo publicado na revista Current Biology, o bafo dos bodes – quente e úmido – faz cerca de três quartos dos pulgões pular das plantas. Na pesquisa, os cientistas borrifaram uma mistura de gás carbônico e outros componentes presentes no hálito de humanos e outros herbívoros nos pulgões, e eles permaneceram no lugar. Quando um ar quente e úmido foi borrifado, esses insetos abandonaram seus lares.

 

Estresse alto no Brasil

De acordo com dados da Isma, associação internacional que faz pesquisas sobre estresse, 30% da população economicamente ativa (PEA) brasileira sofre de burnout, nível máximo de estresse geralmente causado por pressão no trabalho. O Brasil está atrás do Japão, que conta com 70% da PEA com esse problema. Segundo especialistas da Isma, por motivos culturais, os brasileiros lidam pior com o estresse em relação aos outros povos.

 

Pesquisadores do Instituto Gladstone para Doenças Cardiovasculares (EUA) encontraram um modo de reprogramar células do coração responsáveis por sua estrutura, transformando-as em cardiomiócitos, que produzem os batimentos cardíacos. Essa é a primeira vez que uma célula adulta teve sua função alterada sem ter de passar pelo estágio de célula-tronco.

 

Movimento pela biodiversidade

As empresas Alcoa, CPFL, Natura, Philips, Vale e Walmart lançaram em agosto o Movimento Empresarial pela Conservação e Uso Sustentável da Biodiversidade. Liderada pelo Instituto Ethos e apoiada por entidades brasileiras e internacionais, a iniciativa visa à construção conjunta de uma agenda positiva sobre a conservação e o uso sustentável da diversidade biológica do País, tema ainda ausente da agenda de executivos e governos. O Brasil tem 25% da biodiversidade mundial, o que o torna líder no setor.

 

A impulsividade está associada à baixa quantidade de receptores de dopamina, afirmam cientistas da Universidade Vanderbilt (EUA). Eles estudaram 32 voluntários sobre a frequência com que planejavam viagens ou mudança de emprego. Os mais impulsivos possuíam mais dopamina no cérebro. E quanto mais impulsiva uma pessoa é, mais dopamina ela tem.

 

125 milhões de quilômetros cúbicos de água cobriam um terço da superfície de Marte há cerca de 3,5 bilhões de anos, afirmam cientistas norte-americanos. A hipótese se baseia na análise de uma aparente rede de deltas marinhos e vales, situados no Hemisfério Norte.

44,4% de energia renovável é o índice atingido pela Suécia, o maior da União Europeia. O segundo colocado no bloco é a Finlândia, com 30,5%, seguido da Letônia, com 29,9%. Em 2020, toda a União Europeia deverá ser abastecida com pelo menos 20% de energia renovável.

 

Pinguins no escuro

Um estudo de monitoramento dos pinguins-de-adélia na Ilha de Ross, na Antártica, feito pelo especialista em ciência da conservação Grant Ballard, mostra que, com a aproximação do inverno, os animais migram para áreas de concentração de gelo no mar e de menos luminosidade. Esse último fator pode deixá-los incapazes de caçar. O pesquisador prevê que os pinguins poderão não se adaptar às novas condições do gelo causadas pelo aquecimento global.

 

Amizades e vida longa

Uma equipe de pesquisa da Universidade de Brigham Young (EUA) revisou 148 estudos sobre interações sociais e concluiu que a amizade e os laços familiares são benéficos à saúde, promovendo a longevidade. A solidão foi considerada tão prejudicial quanto fumar 15 cigarros por dia ou ser alcoólatra.

 

Ser “normal” é quase impossível

O manual de diagnósticos e estatísticas da doença mental (DSM, em inglês), publicado pela American Psychiatric Association, foi muito criticado por profissionais da área. A principal reclamação diz respeito às novas doenças, como “síndrome do risco de psicose”, que podem rotular pessoas com um risco mínimo de desenvolvê-las. Além disso, diante de tantos males, boa parte da população precisará ser medicada, muitas vezes desnecessariamente.

 

AGENDA

● Feira de Ciência e Engenharia

Estão abertas as inscrições para a Feira Brasileira de Ciência e Engenharia (Febrace), realizada pela Escola Politécnica da USP. Alunos da oitava e da nona séries do ensino fundamental mostram ali projetos nas áreas de ciências (exatas, da terra, biológicas, da saúde, agrária, sociais e humanas) e engenharia. Os ganhadores recebem prêmios e podem apresentar o trabalho no Exterior.

Inscrições: até 12 de novembro.

Informações: http://febrace.org.br

● Cinema e meio ambiente

Além de levar o cinema brasileiro à população local, o 5º Festival de Cinema e Meio Ambiente de Guararema (SP) vai incluir palestras temáticas e manifestações a favor da preservação ambiental. Os interessados também poderão participar de oficinas de cinema.

Quando: de 7 a 12 de setembro.

Onde: Rua Padre Cornélio s/nº, Guararema, SP.

Informações e programação: www.festguararema.com.br

● Paisagismo em São Paulo

O Festival Internacional de Jardins de Chaumont-sur-Loire ganha, pela primeira vez, uma versão fora da França, à mostra no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM). São nove jardins projetados por franceses e brasileiros, com o tema “alimentação”.

Quando: de 22 de setembro de 2010 a 31 de dezembro de 2011 (todos os dias, das 5h às 22h).

Onde: Parque do Ibirapuera (Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, Portão 3, São Paulo, SP).

Informações: tel. (11) 5085-1313 ou www.mam.org.br

 

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago


COMPARTILHAR