Volta ao mundo

Pequenos erros, grandes problemas

Olaria perto de Khulna: o pó que essa atividade lança na atmosfera é um dos principais problemas de poluição de Bangladesh
Olaria perto de Khulna: o pó que essa atividade lança na atmosfera é um dos principais problemas de poluição de Bangladesh

O governo de Bangladesh, o pequeno e superpopuloso país a leste da Índia, calcula que lá existem cerca de 7 mil olarias como a retratada na foto, localizada nos arredores de Khulna, a 266 quilômetros da capital, Daca. De acordo com os especialistas, pouquíssimas dessas fábricas produzem tijolos seguindo as recomendações ambientais. Resultado: as olarias são a principal fonte de gases do efeito estufa de Bangladesh, e a fumaça que expelem foi identificada como um dos principais fatores que contribuem para a piora do ar do país.

 

Refúgio no deserto

No santuário, os órix-da-arábia eestão em contato com seu habitat natural
No santuário, os órix-da-arábia eestão em contato com seu habitat natural

Extinto na natureza desde 1972, o órix-da-arábia, uma espécie de antílope típica da Península Arábica, encontrou um abrigo seguro em Umm Al-Zamool, nos Emirados Árabes Unidos. O Santuário do Órix-da-Arábia, cerca de 290 quilômetros ao sul de Abu Dhabi, perto da fronteira com Omã e Arábia Saudita, contém atualmente cerca de 155 desses animais, reintroduzidos em seu habitat natural a partir de 1982. Outras 25 espécies de mamíferos e 170 de aves habitam a região, de cerca de 8.900 km2. A reintrodução foi parte de um plano conservacionista lançado pelo falecido xeque Zayed bin Sultan Al Nahyan, presidente dos Emirados Árabes Unidos entre 1971 e 2004.

 

Mapas da confusão

1_PL519_VOLTA3

Você acha difícil encontrar seu caminho em um mapa de metrô de Nova York ou Londres? Não se inquiete com isso, dizem matemáticos e físicos das universidades de Oxford e Paris. Segundo eles, uma viagem com duas baldeações em uma metrópole exige o processamento de uma quantidade de informações próxima dos limites cognitivos do cérebro. O número máximo para a compreensão rápida parece ser 250 pontos de conexão; além disso, o cérebro se esfalfa para encontrar o melhor trajeto. A situação fica mais complicada quando se juntam outras formas de transporte. “Precisamos de um tipo diferente de mapa”, diz Mason Porter, professor de sistemas complexos e não lineares de Oxford.

 

Alimentos 100% aproveitados

1_PL519_VOLTA4

Uma lei em vigor desde fevereiro pôs a França na vanguarda da luta contra o desperdício. Pelo texto, os supermercados locais têm de doar a instituições de caridade e bancos de alimentos os excedentes dessas mercadorias antes que seu prazo de validade vença. Clientes de supermercados e defensores da causa antipobreza e antidesperdício de alimentos lideraram uma campanha popular para apoiar a aprovação da lei. De acordo com o líder da cadeia de bancos de alimento da França, um aumento de 15% das doações de supermercados proporcionaria nada menos do que 10 milhões de refeições por ano.

 

Concorde do século 21

Quesst: jato herdeiro do supersônico anglo-francês
Quesst: jato herdeiro do supersônico anglo-francês

Os aviões supersônicos de passageiros poderão voltar aos céus na próxima década. Em março, a Nasa, agência espacial americana, deu sinal verde para uma equipe de fabricantes liderada pela Lockheed Martin Aeronautics concluir um esboço de seu projeto Quiet Supersonic Technology (Quesst), capaz de quebrar a barreira do som sem causar o estrondo associado aos voos supersônicos. Trata-se do primeiro exemplar de uma série de aeronaves revolucionárias incluídas no programa New Aviation Horizons, da Nasa. A Lockheed Martin receberá US$ 20 milhões durante 17 meses para completar os desenhos preliminares do Quesst. Se todos os testes derem certo, um modelo menor do aparelho poderá iniciar voos experimentais em 2020. O Quesst seria o primeiro substituto do anglo-francês Concorde, aposentado em 2003.

 

Retração populacional

Idosos japoneses: faixa etária em crescimento constante
Idosos japoneses: faixa etária em crescimento constante

Segundo o censo do Japão, entre 2010 e 2015 o país perdeu 947.345 habitantes. A queda de 0,7%, para 127,1 milhões de pessoas, escancara uma crise demográfica causada pelo envelhecimento da população e pelo menor número de nascimentos. Se nada for feito, a ONU prevê que em 2100 o total de japoneses cairá para 83 milhões, dos quais 35% terão ao menos 65 anos de idade. Para combater a crise, o primeiro-ministro Shinzo Abe escalou o parlamentar Katsunobu Kato como “ministro dos 100 milhões de pessoas ativas” e encarregou-o de estabilizar a taxa de natalidade do país em 1,8 (em 2012, era de 1,42). Segundo o professor de ciências sociais Michael Cucek, da Universidade Waseda, para cumprir sua meta, Kato terá de elevar a taxa a 2,1.

 

Polinizadores ameaçados

1_PL519_VOLTA7

A redução nas populações de abelhas e outras espécies importantes para a polinização significa um considerável risco para as principais culturas agrícolas do mundo. A afirmação é dos autores de um relatório divulgado em fevereiro pela Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços de Ecossistemas (IPBES, na sigla em inglês), órgão ligado à ONU que avalia o estado da biodiversidade e dos ecossistemas. O declínio no número desses insetos – mais notado no noroeste da Europa e na América do Norte, mas registrado em vários cantos do mundo – tem entre suas causas possíveis o uso de agroquímicos, a perda de habitat, espécies invasoras, poluição, patógenos e mudança climática.

1_PL519_VOLTA21
1_PL519_VOLTA16mil carros emitem a poluição produzida por um vazamento de gás natural ocorrido em Los Angeles (EUA) em outubro do ano passado. A ruptura de um duto em uma unidade de armazenamento em Aliso Canyon liberou na atmosfera, durante 112 dias, 97.100 toneladas métricas de metano, um dos gases que causam o efeito estufa.

 

Encruzilhada energética

Placas solares no teto do MGM Resorts: investimento pesado
Placas solares no teto do MGM Resorts: investimento pesado

Las Vegas, a meca dos cassinos famosa pela iluminação feérica, vive uma situação insólita em termos de consumo de energia. Três de seus maiores cassinos, o MGM Resorts, o Wynn e o Las Vegas Sands, anunciaram em 2015 grandes investimentos na compra e na produção de energia renovável. Mas os reguladores do estado de Nevada (do qual Las Vegas é a principal cidade) alertaram que se os 15 grandes cassinos – que consomem 7% da energia distribuída pela estatal NV Energy, única fornecedora ali – deixassem a rede, o preço do insumo subiria muito para os demais consumidores. Por isso, decidiram no fim de 2015 cobrar dezenas de milhões de dólares desses cassinos por abdicar dos serviços da NV Energy. Pelo menos um deles está apelando da decisão.

 

Humanos superam robôs

S-Class em montagem: customização elevada
S-Class em montagem: customização elevada

A montadora alemã Mercedes-Benz tem descoberto que os robôs são menos eficientes do que os humanos em termos de personalização dos produtos. A demonstração disso está na montagem do modelo S-Class, na fábrica de Sindelfingen, que produz 400 mil veículos por ano. O enorme número de opcionais, que inclui desde suportes para copos aquecidos ou refrigerados a quatro tipos diferentes de tampas para válvulas de pneus, exige adaptabilidade e flexibilidade, características nas quais os humanos levam vantagem. Markus Schaefer, chefe de produção da fábrica, declarou: “Os robôs não conseguem lidar com o grau de individualização e as muitas variantes que temos hoje. Estamos economizando dinheiro e protegendo nosso futuro ao empregar mais gente.”

 

Vigilante antidesmatamento

Com o uso do Glad é possível captar cortes em áreas relativamente pequenas
Com o uso do Glad é possível captar cortes em áreas relativamente pequenas

Um novo sistema de mapeamento por satélite lançado em março promete ser um golpe severo no desmatamento ilegal. O Global Land Analysis and Discovery (Glad) oferece informações praticamente imediatas sobre áreas desmatadas, uma atividade antes feita manualmente pelos pesquisadores. O novo processo, criado por cientistas da Universidade de Maryland (EUA) e pelo Google, utiliza um algoritmo para fazer análises semanais de imagens de satélite e envia notificações automáticas sobre novas atividades de madeireiros. Ele consegue captar cortes de árvores em uma área equivalente à de uma quadra de basquete. O Glad já está disponível no Peru, na Indonésia e na República Democrática do Congo, e seus desenvolvedores buscam ampliar o número de países atendidos pelo sistema.

 

1_PL519_VOLTA17mil anos atrás ocorreu o cruzamento de neandertais com o Homo sapiens, anunciaram cientistas alemães. A evidência está em fósseis de neandertais achados na Sibéria. Antes se pensava que os modernos humanos encontraram os neandertais há 65 mil anos, ao saírem da África. A descoberta indica que um grupo saiu antes e, após encontrar os neandertais, se extinguiu.

 

Vida no espaço

Scott Kelly no desembarque: mais alto que o irmão gêmeo
Scott Kelly no desembarque: mais alto que o irmão gêmeo

Ao pousar com o colega russo Mikhail Kornienko no Cazaquistão, em 2 de março, vindo de uma estada de quase um ano na Estação Espacial Internacional (EEI), o astronauta americano Scott Kelly, de 52 anos, concluiu mais uma etapa de uma experiência vital para o futuro das viagens espaciais. Scott tem um irmão gêmeo ex-astronauta, Mark, que serve como um parâmetro o mais próximo possível das mudanças por que o primeiro passou a bordo da EEI. Um dos principais objetivos dessa missão é estudar o que ocorre com os seres humanos em viagens espaciais de longa duração em termos de mente, corpo e espírito. Já se sabe que Scott (que já anunciou que se aposenta em abril) cresceu cinco centímetros, efeito da falta de gravidade. Confira a seguir outros itens na lista dos médicos que irão comparar os dados dos irmãos Kelly.

1_PL519_VOLTA18

 

Polvo fantasma

1_PL519_VOLTA12

Cientistas da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos (Noaa, na sigla em inglês) descobriram em março, no litoral do Havaí, um “notável pequeno octópode” de cor branca transparente que lembra um fantasma. O polvo foi mostrado por um robô a mais de 4.250 metros abaixo do nível do mar, na dorsal oceânica Necker, e nunca um animal desse gênero fora visto a tal profundidade. Além da cor, resultante da falta de pigmentos, o polvo tem menos ventosas em seus tentáculos do que seus parentes de profundidades menores, mas ainda não se sabe se constitui uma espécie totalmente nova. A aparência já valeu ao bicho o apelido de “Gasparzinho”, o fantasma camarada dos desenhos.

 

 

1_PL519_VOLTA19de peso a menos bastaram para os obesos participantes de um estudo nos EUA registrarem progressos consideráveis na sua saúde, graças ao melhor controle de insulina no fígado, em lipídios e nos tecidos musculares. A perda de peso ajudou a baixar o risco de diabete e doenças cardíacas. A pesquisa foi publicada na revista Cell Metabolism.

 

Avanço do carro elétrico

1_PL519_VOLTA13

Os carros elétricos deverão custar menos que os veículos movidos a combustão interna por volta de 2022, preveem analistas da Bloomberg New Energy Finance (BNEF). A redução viria da queda substancial do preço das baterias. Hoje em dia, os veículos elétricos 0 km representam apenas 1% do total vendido. Para os analistas, o quadro mudará em cerca de seis anos porque o custo do carro elétrico e da sua manutenção serão menores que o de veículos convencionais, mesmo que estes consigam aumentar a eficiência no consumo de combustíveis em 3,5% a cada ano. Segundo o estudo, 35% dos carros novos vendidos no mundo em 2040 serão veículos elétricos.

 

Museu da arte paleolítica

1_PL519_VOLTA14

A caverna de Lascaux, em Montignac (oeste da França), onde estão algumas das mais famosas pinturas da arte paleolítica, está fechada para a visitação pública, mas em breve será possível ver réplicas dessas obras em tamanho natural. Elas estarão reproduzidas no museu internacional de arte Lascaux 4, também em Montignac. Uma das maiores cavernas decoradas do paleolítico, Lascaux tem pinturas feitas entre 18 mil e 17 mil anos atrás. O museu, que abrirá as portas no segundo semestre, reproduz as obras e as paredes da caverna em que foram feitas. Ele usa ainda sofisticados recursos para situar os visitantes no ambiente vivido por esses pintores.

 

Degelo estimulado

Neve “suja” na Groenlândia: efeito de incêndios florestais em grandes países do hemisfério norte
Neve “suja” na Groenlândia: efeito de incêndios florestais em grandes países do hemisfério norte

Dados de satélite analisados por pesquisadores da Universidade de Columbia (EUA) revelam que, de 1996 até hoje, a superfície nevada da Groenlândia (dona do segundo maior manto de gelo do mundo) está escurecendo e retendo mais calor, o que faz o gelo absorver 2% a mais de energia solar a cada década. Além disso, a temperatura perto do solo no verão groenlandês tem subido cerca de 0,74°C a cada década. A “sujeira” na neve provém da fuligem produzida por incêndios florestais na China, na Sibéria e no Canadá que os ventos levam à Groenlândia. Em artigo publicado na revista The Cryosphere, os cientistas escrevem que essa situação deverá continuar e reduzir a refletividade da superfície (o albedo) a cerca de 10% no fim do século – um quadro que favorece ainda mais o degelo.

 

1_PL519_VOLTA20milhão de dólares doou o Google em março para o combate ao vírus da zika. Destinado ao Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o dinheiro será usado para ajudar a reduzir as populações do mosquito Aedes aegypti, apoiar o desenvolvimento de diagnósticos e vacinas e colaborar em outras ações capazes de prevenir a transmissão do vírus.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago


COMPARTILHAR